Minha conta : Se registrar

Minhas compras

Vosso carrinho esta vazio.

Feira às questões

Perguntas

  1. 1.Entrega
  2. 2.Preços e Taxas
  3. 3.Pagamentos
  4. 4.Como escolher bem sua pedra
  5. 5.Montar sua pedra em anel
  6. 6.Determinar seu tamanho de dedo
  7. 7.Cor dos diamantes
  8. 8.A pureza dos diamantes e pedras preciosas.
  9. 9.Formas de talha das pedras preciosas
  10. 10.Os Certificados de autenticidade

Respostas

  1. 1.Entrega

    Entrega fora da França

    Os parceiros da rede de Patrickvoillot.com estando situados no mundo inteiro, as entregas são realizadas por transportadoras internacionais especializadas. A embalagem confidencial e segurada é garantida durante todo o trajeto até a entrega ao cliente.

    1 – Entrega com destino a um pais da União Europeia fora da França.

    • No momento em que sua compra for realizada junto a um parceiro* estabelecido na União Europeia, uma entrega dentro de 7 dias uteis sera oferecida ao endereço que você indicou. (para uma encomenda inferior a 150 euros ST uma participação de 10 euros ST sera cobrada). Uma entrega em « express » pode ser talvez realizada, entre em contato conosco : contact@patrickvoillot.com
    • No momento em que sua compra for realizada junto a um parceiro* situado fora de União Europeia : o envio ao destino de seu pais é oferecido em um prazo de 10 dias uteis.

    Sua encomenda podera ser submetida à despesas constituidas de direitos de alfândega, taxas de importação ou taxas locais que são aplicadas com a chegada da mercadoria em seu pais. Essas despesas lhe serão cobradas assim como todo o desfecho das formalidades locais e toda declaração em seu pais. Aconselhamos aos interessados se informarem junto às autoridades alfandegarias e fiscais de seu pais, sobre o regulamento local em vigor no momento da entrega.

    2 – Entrega com destino à um pais fora da União Europeia :

    • O envio com destino a seu pais sera oferecido em um prazo de 10 dias uteis. Para uma encomenda junto a um parceiro domiciliado na União Europeia,  despesas alfandegarias para exportação representam em torno de 110 Euros (fora taxa).

    A encomenda podera ser submetida à despesas constituidas de direitos de alfândega, taxas de importação ou taxas locais que são habitualmente aplicadas com a chegada do pacote em seu pais. Essas despesas serão cobradas ao destinatario, assim como todo o desfecho das formalidades locais e toda declaração em seu pais. Aconselhamos aos interessados se informarem junto às autoridades alfandegarias e fiscais de seu pais, sobre o regulamento local em vigor no momento da entrega.

     

    *Consultar a rubrica "Nossos parceiros" em "Quem somos nos"  que indica em quais paises estão situados os parceiros de patrickvoillot.com

  2. 2.Preços e Taxas

    Preços e Taxas fora da França

    Os preços indicados no site são exprimidos em Euro e não compreendem a Taxa nem outras taxas locais (Preços Sem Taxa ou Preços ST)

    Certos parceiros da rede Patrickvoillot.com situados na França não estão sujeitos à Taxa : seu faturamento é então sempre sem Taxa (O Recife do Coral, Ilha do tesouro, Gemmes Passion e Brasil Joyo).

    1 – Preço e Taxa para uma entrega na União Europeia (fora da França)

    Para os particulares, pessoas fisicas :

    • A encomenda junto a um parceiro situado na França sera faturada : Preço S.T. (Sem Taxa) + Taxa Francesa (20%) (para uma encomenda inferior a 150 euros S.T. uma participação de 10,00 euros às despesas de remessa sera cobrada).
    • A encomenda junto a um parceiro situado na União Europeia fora da França sera faturada : Preço S.T. (sem taxa) + Taxa do pais onde o parceiro esta situado. (para uma encomenda inferior a 150 euros S.T. uma participação de 10,00 euros às despesas de remessa sera cobrada).
    • A encomenda realizada junto a um parceiro situado fora da União Europeia é faturada : Preço S.T.

    Ela podera ser submetida às despesas constituidas de direito de alfândega, taxas de importação ou taxas locais que são aplicadas na chegada da mercadoria no pais do cliente. Essas despesas serão pagas pelo cliente assim como o desenrolar das formalidades locais e toda declaração no pais do cliente.

    Para as empresas portadoras de um numero de Taxa intracomunitaria :

    • A encomenda junto a um parceiro situado na França sera faturada : Preço S.T. (entrega intracomunitaria exonerada de Taxa)
    • A encomenda junto a um parceiro situado na União Europeia fora da França sera faturada : Preço S.T. (entrega intracomunitaria exonerada de Taxa). Menos nos casos onde o cliente e o parceiro estão situados no mesmo pais da União Europeia : nesse caso o faturamento sera Preço S.T. + Taxa do pais.
    • A encomenda realizada junto a um parceiro situado fora da União Europeia é faturada Preço S.T.

    Ela podera ser submetida às tarifas constituidas de direitos de alfândega, taxas de importação ou taxas locais que são aplicadas na chegada da mercadoria no pais do cliente. Essas despesas serão pagas pelo cliente assim como o desenrolar das formalidades locais e toda declaração no pais do cliente.

    2 - Preço para uma entrega fora da Comunidade Europeia

    Para os particulares e as empresas as encomendas serão faturadas S.T. Para uma encomenda junto a um parceiro domiciliado na União Europeia,  despesas alfandegarias para exportação representam em torno de 110 Euros.

    Ela podera ser submetida às tarifas constituidas de direitos de alfândega, taxas de importação ou taxas locais que são aplicadas na chegada da mercadoria no pais do cliente. Essas despesas deverão ser pagas pelo cliente assim como o desenrolar das formalidades locais e toda a declaração no pais do cliente.

  3. 3.Pagamentos

    Patrick voillot.com propõe a você modalidades de pagamentos em toda segurança :

    • em cartão de crédito bancario : Visa – MasterCard – American Express – Cartão com o sistema Paybox 3D-Secure que é certificado conforme no standard PCI/DDS por Visa e MasterCard e garante a aplicação de regras de segurança mais rigorosas no objetivo de proteger os dados dos cartões de crédito bancarios transmitidos no ato das transações de pagamento.
    • por Paypal que oferece a vantagem de pagar suas contas « on line » sem comunicar seus dados bancarios unicamente com a ajuda de seu email e sua senha Paypal.
    • por transferência : esse modo de pagamento é possivel para todo pedido de valor superior a 3.000 euros Sem Taxas. Nossas contas bancarias lhes serão fornecidas no momento da finalização do seu pedido.

    Qualquer que seja a modalidade de pagamento escolhida, o endereço de faturamento deve ser o mesmo dos dados bancarios.

  4. 4.Como escolher bem sua pedra

    saber escolher sua pedra preciosa

    1- sua cor

    A cor é um dos mais importantes critérios das gemas, é também o critério de escolha de uma pedra preciosa.

    Certos rubis da Birmânia são qualificados « sangue de pombo », essa cor vermelha excepcional é muito precisa para o olho do especialista, mas não tem nada a ver com a cor do sangue do animal. Na Birmânia a cor menos procurada se chama em dialeto local « um indiano choraria por isso » assim, em referência ao fato de que os indianos compram todas as qualidades de gemas e sobretudo as mais baixas

    Entre essas duas cores, o preço por quilate pode variar de 1 a 100.000 e às vêzes mais. E assim sendo para todas as pedras preciosas, a cor é primordial e pode também definir certas proveniências : para a safira : azul cachemira, azul birmanês, azul ceilão…

    Para os diamantes as cores devem ser francas : o branco mais puro ou então tonalidades bastante distintas : amarelo, rosa, azul, conhaque…

    2- seu peso e sua forma

    O peso de uma pedra estimado em quilates (1quilate = 0,2 grama) condiciona suas dimensões e age de uma maneira excepcional em seu preço : De igual qualidade uma pedra de 2 quilates vale mais que duas pedras de 1 quilate. Essa regra se verifica ainda mais nas pedras raras.

    Para um mesmo peso uma pedra preciosa pode ter sido lapidada de diferentes formas : lapidação em brilhante, oval, pera, esmeralda, antique.

    3- sua pureza

    A pureza que determina a transparência é muito procurada para uma gema.

    As pedras lapidadas não comportando nenhuma inclusão, são consideradas de valor fortemente elevado. Em todos os casos se houver inclusões, elas não devem ser muito visiveis elas não devem se situar ao nivel da « mesa » (parte plana visivel da pedra quando da cravação).

    Entretanto as inclusões não são sempre malditas. Em certas pedras, elas participam da estética da mesma, assim como as inclusões em ornamentos espirais das safiras do Cachemira são célebres por dar-lhes uma docura que com a sua cor as levaram ao patamar das mais belas safiras do mundo, as esmeraldas da Colômbia e mais particularmente da mina de Muzo possuem inclusões que são denominadas « o jardim da esmeralda » que acrescentam à estética da pedra.

    4- sua lapidação

    (Compreende-se por lapidação a forma dada pelo lapidario ou o diamantario)

    A lapidação realizada pelo lapidario para as pedras de cor ou pelo diamantario para os diamantes deve ser a mais perfeita possivel afim de realçar seu melhor brilho e seus fogos à pedra. A perfeição e a forma da talha influem no preço da pedra. Assim um diamante de lapidação brilhante terà um preço mais elevado, para um mesmo peso, que um diamante de lapidação fantasia.

    As facetas devem ser regulares na sua geometria e bem polidas, a ponta (parte sob a pedra invisivel quando montada) deve ser bem equilibrada, sem grande importância, nem muito pequena. A pedra deve ser lapidada no eixo correto do cristal bruto na finalidade de fazer com que a cor seja bem repartida.

    Para as pedras policromo como a Tanzanita, a lapidação deve ser efetuada nos eixos certos do cristal afim de que a cor, vista da mesa (parte plana superior) seja a mais agradavel possivel.

    5- pelo lugar da compra e o preço

    È importante comprar uma pedra preciosa em total confiança em um especialista reconhecido que possa aconselhar, em um lugar ou em um site que proporcione uma real garantia e segurança.

    Nunca compre uma pedra de valor em uma pequena « barraca » do outro lado do mundo em um pais produtor, você tem altas chances de pagar por ela mais caro que seu real valor.

    Para a compra de uma pedra de valor, não hesite em pagar o certificado de um laboratorio regulamentado mas sobretudo não aceite o de um vendedor local ou de alguém se passando por um especialista não reconhecido, que não ofereça nenhuma garantia.

    Esses critérios de escolha são todos muito importantes mas eles reunem na totalidade somente uma infima porcentagem de casos que são as pedras excepcionais, de uma grande raridade.

    Contudo, não se deve desprezar as pedras preciosas que preenchem às vêzes levemente esses critérios, elas são também muito belas e possuem também seu valor.

    Devemos destacar também que a compra de uma pedra é antes de tudo um desejo do coração, uma espécie de junção que se cria entre o mineral e você. Se isso acontecer e que você tenha condições, compre a pedra que mais lhe tocou !

    Minha experiência me provou em inumeras vêzes que deixar passar uma pedra por diversas razões pode causar arrependimentos eternos pois jamais você encontrara a mesma.

  5. 5.Montar sua pedra em anel

    Como montar sua pedra em anel

     

    No site patrickvoillot.com você encontrou a pedra preciosa que você procurava ha muito tempo…e agora você vai monta-la em anel.

    Propomos a você modelos de anéis de Susie Otero e de outros parceiros : contate-nos indicando qual pedra você desejaria montar e se você descobriu em nossos modelos de anéis aquele que lhe agrade : indique-o e lhe aconselharemos.

    Indique também seu tamanho de dedo (para anel) e qual pedra você deseja montar…

    Em todos os casos, ha uma solução para valorizar sua pedra segundo seus desejos.

     

     

    Sugerimos aqui algumas idéias…

    Anel Susie Otero "Liaison"

    Anel Susie Otero "Solitaire Julia"                                                         Anel Susie Otero "Solitaire"

                                      

     

    Anel Susie Otero "Mille et une nuits"                                                       Anel Susie Otero "Empire"                                                           Anel Susie Otero "La vie est belle"

                                          

  6. 6.Determinar seu tamanho de dedo

    Lembre-se que :

    • o mesmo dedo da mão esquerda não possui a mesma circunferência que o da mão direita.
    • a circunferência de um mesmo dedo pode variar em função da temperature ou de uma atividade fisica.
    • o melhor momento do dia para determiner o tamanho de sua circunferência de dedo é à noite.
    • em caso de hesitação entre 2 tamanhos de circunferência é aconselhavel escolher o maior.

    Para ajudar a estimar seu tamanho de circunferência de anel, propomos utilizar o medidor de anel patrickvoillot.com

    1. Clique sobre o local medidor-patrickvoillot.com para baixar o quadro das circunferências de dedo.
    2. Imprima o « medidor patrickvoillot.com » assegurando-se de que sua impressora esta regulada em « imprimir no formato real » e não em “Ajustar no formato papel”.
    3. Verificar que a impressão foi feita no formato em real medindo a escala de controle que deve medir 5 cm.
    4. Escolha um anel que va perfeitamente ao seu dedo pelo qual você deseja seu novo anel.
    5. Conduza esse anel sobre os circulos de cor : quando um circulo corresponder ao tamanho interior da circunferência de seu anel notar o numero figurando no circulo…é seu tamanho !

    O « medidor patrickvoillot.com » é uma ajuda pratica e simples permitindo estimar seu tamanho de circunferência de dedo e não uma medida exata.

  7. 7.Cor dos diamantes

    Escala de cor dos diamantes.

    A cor dos diamantes é codificada pelos profissionais do diamante e pelos laboratorios fornecendo os certificados de autenticidade com ajuda de termos especificos ou de letras…em quê corresponde essas denominações ?

    O posisionamento de um diamante na escala das tonalidades de branco somente pode ser realizada por especialistas sob uma claridade especifica e unicamente para os diamantes não montados.

    Segundo as zonas geograficas do mundo os termos empregados são diferentes…para simplificar utilizaremos 2 das 3 principalmente utilizadas para a venda de diamantes :

    A letra da classificação do GIA “Gemological Institute of America” associada à denominação do CIBJO “Confederação Internacional da Bijuteria, Joalheria, Ourives” , com o equivalente em classificação escandinavo no quadro abaixo :

     code lettre

    GIA

    CIBJO

    Standard Scandinave

    D

    Colorless/incolor

    Branco  Exceptional +

    River

    E

    Colorless/incolor

    Branco  Exceptional

    River

    F

    Colorless/incolor

    Branco Extra+

    Top Wesselton

    G

    Near colorless/quase incolor

    Branco Extra

    Top Wesselton

    H

    Near colorless/quase incolor

    Branco

    Wesselton

    I

    Near colorless/quase incolor

    Branco tonalizado

    Top Crystal

    J

    Near colorless/quase incolore

    Branco tonalizado

    Crystal

    K - L

    Faint/ligeiramente colorido

    Ligeiramente tinto

    Top Cape

     

    Os diamantes codificados pela letra M e seguintes são considerados « tintos » chegando a amarelos e não podem ser qualidade de « brancos »

    Quando um diamante possui uma tonalidade de cor franca : amarelo, rosa, vermelho, azul…quantifica-se a intensidade de sua cor pelos termos : « Fancy Light, « Fancy », « Fancy Intense » e para a cor mais acentuada « Fancy Vivid » aos quais é acrescentado, claro, sua cor.

    Existe também codificações particulares para os diamantes australianos da mina de Argyle, que é o principal produtor de diamantes rosa e conhaque e que criou sua propria codificação, o Argyle Scale.

    A cor de um diamante é também influenciada pela sua fluorescência : as luzes ricas em ultra-violetas do tipo fosforescente ou luz do dia em montanha estimulam os diamantes fluorescentes e modificam sua cor. Classifica-se então os diamantes em uma escala indo de « nenhuma fluorescência » a « muito forte fluorescência ».

    Em conclusão : o olho humano não aguçado somente pode apreciar grupos de tonalidades de cor…é porque fala-se constantemente de diamente incolor ou branco, quase incolor ou branco tonalizado, ligeiramente colorido…e a influência da forma da qualidade da talha que condiciona seu brilho entra também em jogo para orientar o prazer do felizardo comprador !

  8. 8.A pureza dos diamantes e pedras preciosas.

    As impurezas chamadas inclusões nas pedras preciosas são tão embaraçantes e visiveis quanto a cor da pedra clara e seu brilho fraco, a brilhância do diamante reduz o efeito das pequenas inclusões.

    As pedras preciosas completamente puras não existem...quantifica-se as inclusões examinando as pedras com ajuda de uma lupa de aumento 10 vêzes posicionada em uma escala indo do mais puro ao menos puro.

    Uma codificação admitida internacionalmente permite posicionar uma pedra nessa escala.

    IF

    Internally Flawless

    Pedra pura, nenhuma inclusão visivel com lupa de aumento de 10 vêzes.

    VVS

    Very Very Small inclusion(s)

    Muito pequena(s) inclusão(s) muito dificilmente visiveis com lupa de aumento de 10 vêzes.

    A quantidade e a posição das muito pequenas inclusões permitem de codificar as pedras "VVS 1" e "VVS 2"

    VS

    Very Small inclusions

    Muito pequenas inclusões dificilmente visiveis através de uma lupa de aumento 10.

    A quantidade e a posição das pequenas inclusões permitem classificar as pedras " VS1" e "VS2".

    SI

    Small Inclusions

    Pequenas inclusões visiveis com lupa de aumento 10, praticamente invisiveis a olho nu.

    A tonalidade "SI1" e "SI2" depende da natureza das inclusões, da qualidade e do posicionamento delas na pedra.

    Em geral essas inclusões não afetam o brilho dos diamantes.

    SI3

     

    Essa qualificação não é reconhecida pelos grandes laboratorios expedidores de certificados de autenticidade, ela corresponde a um posicionamento intermediario entre "SI" e "I"

    I

    Included

    Pedras contendo inclusões visiveis facilmente com ajuda da lupa de aumemto 10 e a olho nu experiente.

    O numero o tamanho e o posicionamento das inclusões determina a codificação "I1" ou "I2".

    Essas inclusões afetam a brilhância dos diamantes particularmente para a categoria "I2". "I3" o tamanho das inclusões visiveis a olho nu perturba a brilhância das pedras.

    As vêzes emprega-se o termo "lascado" no lugar de "I" obtendo-se então, "Lascado 1" e "Lascado 2" e "Lascado 3".

  9. 9.Formas de talha das pedras preciosas

    Desde a pré-historia, as pedras coloridas ou brilhantes atrairam os homens e se tornaram o simbolo da riqueza e do poder. O renascimento viu esse quase monopolio evoluir e as pedras preciosas foram usadas pelas mulheres por sua beleza.

    Depois de ter sido muito tempo lapidadas conservando a maioria de matéria possivel, o século XX° trouxe o favorecimento das formas de lapidações afim de dar maior brilho possivel às pedras preciosas.

    As principais formas de lapidação de uma pedra são :

     





     talha brilhante  talha Asscher
    talha esmeralda  talha oval




    talha baguette talha coração talha pera talha navete




    talha antique talha princesa talha briolette talha radiante




    talha triângulo talha trilhão talha ceilão talha em rosa recoupé
  10. 10.Os Certificados de autenticidade

    Os progressos cientificos do século XX° permitiram cada vez melhor compreender e identificar as gemas, de colocar em evidência os erros de identificação do passado sobre numerosas joias das coroas reais…

    A variação do valor de mercado entre 2 gemas diferentes de mesmo aspecto fez o comprador querer ter certeza do que ele adquire e com segurança no que ira investir… os laboratorios de gemologia preenchem esse papel. Apos algumas dezenas de anos o arsenal cientifico disponivel permite aos gemologos competentes de fornecer informações essenciais :

    • Identificação da natureza da pedra : diamante, safira, rubis, espinélio, esmeralda …
    • Autenticidade : pedra natural não sintética.
    • Origem : frequentemente pais ou lugar de origem.
    • Tratamentos (térmicos ou outros) tendo sido alvo pela pedra.
    • Caracteristicas da pedra, peso em quilates, forma e talha, dimensões, qualidade do polimento e das proporções da lapidação, fluorescência, intensidade da cor, transparência e mais especificamente para os diamantes cor e pureza.

    O certificado exigido é uma verdadeira « carteira de identidade » das caracteristicas da pedra.

    Para o diamante a variedade de preços entre pedras de um mesmo peso, mas possuindo diferentes tonalidades de branco e de pequenas diferenças de pureza é tão importante que o certificado encontra toda a sua utilidade.

    Todos os parceiros de patrickvoillot.com fornecem suas pedras acompanhadas de certificados de autenticidade e para os diamantes de um peso superior a 0,50 quilate e as outras pedras de um valor superior a 1.000 euros um certificado de um laboratorio independente de qualidade que selecionamos pode ser fornecido.

    As informações contidas no certificado são garantidas pelos processos idênticos aos de bilhetes de banco assim como suportes papel especiais plastificados com hologramas ou inserções invisiveis à olho nu. As pedras podem também ser seladas sob plastico … os diamantes podem mesmo receber a gravura invisivel à laser do numero do certificado.